Influência do uso de enrofloxacina no desenvolvimento de resistência às quinolonas mediada por plasmídeos em Escherichia coli de vitelos [Selection of plasmid-mediated quinolone resistance in commensal E. coli by the use of enrofloxacin in calves]

L. Guerreiro, N. Couto, M. Centeno, T. Nunes, Lina Cavaco, C. Pomba

Research output: Contribution to conferenceConference abstract for conferenceResearchpeer-review

Abstract

O conhecimento existente sobre a presença e frequência de genes de Resistência às Quinolonas Mediada por Plasmídeos (RQMP) em estirpes comensais de E. coli de origem bovina é escasso a nível mundial. O presente trabalho teve como objectivos:i) avaliar a frequência de genes de RQMP, designadamente os genes qnr (A, B, C, D e S), o gene aac(6’)-Ib-cr e o genecodificante da de bomba de efluxo qQep A; e ii) determinar a Concentração Inibitória Mínima (CIM) dos antibióticos ácido nalidíxico AN, ciprofloxacina CIP e levofloxacina LEV, em isolados de E. coli de vitelos previamente isolados após pressão selectiva in vivo de enrofloxacina e caracterizados quanto à resistência aos antibióticos por Centeno, M. (2010 ). Foram estudadas um total de 237 amostras [101, 79 e 57 isolados relativos a T0, T1 (X tempo após administração de enrofloxacina) e T2 (X tempo após administração de enrofloxacina), respectivamente]. A caracterização fenotípica foi realizada por determinação das CIMs por microdiluição e os resultados interpretados segundo a norma M100-S20 (CLSI, 2010) . A caracterização genotípica da RQMP foi determinada através de amplificação por PCR dos genes anteriormente mencionados e posterior confirmação por sequenciação. A proporção de isolados de E. coli resistentes ao AN em T0, T1 e T2 foi de, respectivamente: 52,5% (n=53; CIMs de 64 a >256 ug/ml), 100% (n=79; CIMs de 128 a >256 ug/ml) e 82,5% (n=47; CIMs de128 a >256 ug/ml). A proporção de isolados de E. coli resistentes à CIP e à LEV em T0, T1 e T2 foi de, respectivamente: 34,7% (n= 35; CIP com CIMs de 4 a >256 ug/ml; LEV com CIMs de 4 a 64 ug/ml), 96,2% (n=76; CIP com CIMs de 4 a 128 ug/ml; LEV com CIMs de4 a 64 ug/ml) e 70,2% (n=40; CIP com CIMs de 4 a 64 ug/ml; LEV com CIMs de 4 a 32 ug/ml). No que respeita à frequência de genes de RQMP nos 237 isolados estudados foram identificados: 11,8% (n=28) positivos para genes qnr: ( qnrB (n=4), qnrD (n=11), qnrS (n=13) ; 0,8% (n=2) isolados positivos para o gene aac(6’)-Ib-cr. Da análise da frequência dos genes de RQMP nos isolados de E. coli observou-se: em T0 3% de genes qnr (todos qnrS) e 2% do gene aac(6’)-Ib-cr; em T1, 15,2% de genes qnr (10,1% qnrD e 5,1% qnrS); em T2, 22,8% de genes qnr (7% qnrB, 5,3% qnrD e 10,5% qnrS). Os dados obtidos demonstram um aumento significativo da percentagem e nível de resistência de T0 para T1 após pressão selectiva da enrofloxacina Embora não exista uma associação entre a presença de genes de RQMP e valores de CIMs, verifica-se um aumento da frequência destes genes ao longo do estudo longitudinal. Este é o primeiro estudo que descreve a existência de resistência às quinolonas por qQnrD em isolados de E. coli de bovinos.
Original languageEnglish
Publication date2011
Publication statusPublished - 2011
Event5º Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências Veterinárias 2011 - Fonte Boa, Portugal
Duration: 13 Oct 201115 Oct 2011
Conference number: 5
https://www.snmv.pt/5o-congresso-da-sociedade-portuguesa-de-ciencias-veterinarias-2011/

Conference

Conference5º Congresso da Sociedade Portuguesa de Ciências Veterinárias 2011
Number5
CountryPortugal
CityFonte Boa
Period13/10/201115/10/2011
Internet address

Fingerprint

Dive into the research topics of 'Influência do uso de enrofloxacina no desenvolvimento de resistência às quinolonas mediada por plasmídeos em Escherichia coli de vitelos [Selection of plasmid-mediated quinolone resistance in commensal E. coli by the use of enrofloxacin in calves]'. Together they form a unique fingerprint.

Cite this